Carnaval do Rio de Janeiro

O Carnaval do Rio de Janeiro é mundialmente conhecido principalmente pelo desfile das Escolas de Samba. Mas sua fama não começa daí. Sua história vem lá de trás, tendo influência nos bailes da cultura parisiense, isso desde o período da independência do Brasil, como também dos bailes de máscaras de Veneza, na Itália.

Particularmente, o Carnaval me remete a fases da minha vida nesta época do ano…

  • Os bailes fechados

Na  minha pré-adolescência, o ponto alto eram os bailes fechados, nos clubes. Por muitos anos lembro que eu ia com grupos de amigos e vizinhos ao baile do clube de Regatas Vasco da Gama, que fica em São Cristóvão, zona norte do Rio de Janeiro.

Basicamente tinha o baile infantil, que era mais cedo, e depois dos adultos, que ia até de manhã. Tocavam muitas marchinhas de Carnaval e os sambas mais populares. E os foliões dançavam, alguns com fantasias, caminhando em círculo.

  • Escolas de Samba na Marquês de Sapucaí

A grande expectativa do Carnaval são os desfiles das Escolas de Samba no sambódromo (ou Marquês de Sapucaí). Algumas pessoas alegam que, depois que os desfiles passaram a ser definitivamente lá, que é fechado e pago, teve este lado de “profissionalizar” mais o Carnaval e torná-lo cada vez mais para turista. Em contrapartida, o Carnaval de rua foi diminuindo durante um período, e a população Carioca fugindo para outros lugares mais afastados, seja para brincar o Carnaval ou para fugir dele.

O desfile das Escolas de Samba antigamente era aberto ao público e foi mudando de lugar com o tempo, evoluindo cada vez mais e se tornando um espetáculo mundial. Neste link tem a história da evolução dos desfiles: https://pt.wikipedia.org/wiki/Desfile_das_escolas_de_samba_do_Rio_de_Janeiro

Eu cheguei a assistir o desfile uma única vez na vida. Foi quando eu recebi em minha casa, um estudante Alemão pelo intercâmbio da faculdade. Lembro que eu havia ganhado ingressos e o levei para conhecer. Não ficamos até o final, na verdade saímos bem antes. Mas valeu para ver de perto.

As Escolas cada vez mais estão se superando em beleza e criatividade, difícil até eleger qual a mais bonita.

  • Carnaval de rua

Já nesta época da minha pré-adolescência, eu ouvia meu pai dizer que o Carnaval de rua não era como no tempo dele, que era mais animado, tinham as famosas marchinhas de Carnaval e vários blocos pelas ruas com foliões cantando e brincando empolgados jogando confetes e serpentinas, principalmente pelas ruas do centro da cidade. Deste tempo para cá, as marchinhas perderam mesmo espaço para o samba. Não sei bem se era saudosismo da parte dele mas, a verdade é que naquela época de fato eu não via muito Carnaval de rua como víamos pela TV, como em alguns lugares do nordeste por exemplo.

No entanto o que se percebe hoje é que, de uns anos para cá, os blocos tradicionais e o Carnaval de rua do Rio vêm novamente ganhando força.

Bloco de rua Cordão do Bola Preta Fonte: http://www.cordaodabolapreta.com/historia/

  • Carnaval na Região dos Lagos

Quem queria brincar na rua, normalmente ia para a Região dos Lagos no RJ que é uma região de praias composta pelos municípios de Araruama, Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Saquarema, e onde havia uma maior concentração de foliões e trios elétricos. E ainda é assim até hoje por lá. O único porém é ter que ter disposição para enfrentar um longo e tenebroso trânsito… isso também não mudou de lá pra cá, pelo contrário, talvez até esteja pior.

Passando da fase da adolescência para a fase adulta, já não me era tão interessante os bailes do clube, sempre aquela mesmice, mesmas músicas, ficar andando em círculos. Comecei a querer ver coisas novas e a região dos Lagos veio bem a calhar pela falta de opção. Até porque o baile do Vasco havia acabado.

Eu lembro que já passei carnaval em Rio das Ostras com um grupo de amigos da faculdade. É um município localizado no litoral norte do Estado do Rio, pouco depois da Região dos Lagos. E sim, era divertido, muita gente na rua, blocos, muita animação… foi uma fase boa!

mapa_regialLagos

Hoje não me aventuro mais, muito cansativo, ideal mesmo para jovens cheios de disposição (rs). Ou para os muito amantes de Carnaval de rua, que não é bem o meu caso hoje em dia. E depois de um tempo, a paciência em enfrentar horas e horas de trânsito tanto na ida quanto na volta pós Carnaval, já não existe mais.  Estou na fase até de fugir um pouco da folia e só assistir pela TV.

Aos foliões, Cariocas ou não, brasileiros ou estrangeiros, que desejam saber mais sobre o Carnaval do Rio de Janeiro, neste link tem um guia com todas as informações importantes: http://www.rio-carnival.net/carnaval/

Um abraço e bom Carnaval!

This entry was posted in Carnaval do Rio de Janeiro, Festas pelo Mundo, Fevereiro and tagged , , , . Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *